A primeira gripe

Aconteceu bem às vésperas do meu aniversário… Mesmo mamando só no peito o Bruno não escapou de pegar sua primeira gripe logo aos 4 meses de idade. E sem o Dr. Nelson, tudo fica mais complicado, acabamos ficando na mão porque as duas pediatras que estão acompanhando o Bruno não atendem de sexta-feira à tarde. Queriam medicá-lo por telefone, eu não aceitei e tive que recorrer ao “companheiro” do Dr. Nelson, paguei consulta particular, fazer o que?

Quando esfria o tempo a Elisa pega resfriado com muita facilidade, ela ainda está tossindo e gripada, e isso deve ter sido uma das causas. O Bruno começou com uma tosse rouca, que o pediatra diagnosticou como faringite, e tivemos que medicá-lo com Celestamine. Ele ficou indisposto e eu passei meu niver de 32 anos bem preocupada, porque é muito freqüente nos portadores de Síndrome de Down um simples resfriado evoluir para uma pneumonia, dada a dificuldade de drenagem do catarro para fora, uma vez que os canais nos seios da face são mais estreitos, e o movimento ciliar do pulmão é menor. Sei lá, é mais ou menos isso que o pediatra me explicou, e mais uma vez quem nos salvou foi a Lia, que exclusivamente para seus pacientes de fisioterapia aplica algumas técnicas de “tapotagem” que ajudam a expulsar a secreção dos pulmões e aliviam a tosse. Precisamos medicá-lo também com um expectorante (Fluimucil) e até hoje estamos fazendo inalação pelo menos duas vezes por dia com soro fisiológico, mas dos medicamentos ele já está livre, graças a Deus!

Nem por isso fiquei sem festa (valeu, família!), e comemoramos também o niver do Tio Marcelo, que fez 3 dias antes. Transferimos o almoço da chácara do Biso para nossa casa, e assim o Bruno ficou protegido desse vento chato de início de outono. E até aproveitou um pouco a festa, de olho no bolo da vovó, vejam só:

Essa data para mim é mais do que simbólica agora, porque foi bem no dia do meu aniversário do ano passado que eu fiquei sabendo que estava grávida do Bruno. E de lá para cá TANTA coisa já aconteceu…! Tanto já aprendemos, sofremos (claro), vibramos, sonhamos, buscamos, lutamos, e quanta coisa ainda vem pela frente! Tudo o que pedimos é saúde, muita, do corpo e da mente, a nós todos, sempre!

Anúncios
Esse post foi publicado em quatro meses e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para A primeira gripe

  1. Nanda disse:

    Parabéns, querida! Imagino o quanto está feliz com seus dois tesouros! Que Deus te dê sempre mta saúde pra continuar sendo essa mãezona pra eles!
    Espero que o Bruninho já esteja melhor!
    Linda foto!
    Bjs.

  2. Lu Dias disse:

    É tão triste quando um bebêzinho pega gripe, ficamos todos preocupados.
    Mas eu tenho certeza que ele ficará bem pois mora num lar de muito amor e atenção!
    Bjos e Feliz Aniversário, atrasado mas de coração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s